domingo, 12 de setembro de 2010


                   Agente mais faz parte das coisas, que as coisas fazem parte de nós.


Já presto atenção que eu to sempre do teu lado mais você nunca tá do meu?!
Agente vive em meia lua sempre, pois se gosto do teu submundo tu não vai achar muito para o que prego no meu, se vou estar louvando tuas palavras as minhas para ti vão sair inaptas sem direção mais mesmo assim a algo que nos defina iguais, amaveis para alguns e tolos para outros.
Vai ser assim sempre, é como amar a lua e ver você caindo de amores pelo o sol, é como querer escrever poesias e sair só meia palavras que lhe basta, e no fim acabar sendo ninguém, não sou poeta mais me bastaria ser pra te provar que faço parte de você sem você  perceber pois estou sempre em voltas de ti que nunca olhará pra mim.

2 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Muito bom seu texto, muitas vezes somos assim, quase desconhecidos, mas o sol ainda focará em nosso campo para sairmos da sombra.Beijos

celo disse...

Puts é assim mesmo